22 de nov de 2018

O SUS era o campo missionário de Roberto Kikawa


Roberto Kikawa queria ser missionário na África, mas tornou-se médico do Sistema Único de Saúde (SUS), onde encontrou várias “Áfricas” nos hospitais públicos de São Paulo. Membro da Igreja Holiness, queria honrar o chamado que Deus lhe deu e a promessa feita no leito de morte do pai: cuidar das pessoas. Fundou em 2008 o Centro de Integração de Educação e Saúde (CIES) – um projeto que leva atendimento médico especializado aos mais pobres por meio de carretas transformadas em unidades móveis. Mais de 2 milhões de pessoas já foram beneficiadas pelo projeto. Em 2010, Kikawa foi vencedor do Prêmio Empreendedor Social da Folha de São Paulo.


Na noite do dia 10 de novembro de 2018, Kikawa sofreu um assalto. Não reagiu, apenas pediu calma ao assaltante. Ainda assim, recebeu dois tiros e morreu aos 48 anos de idade. Uma semana antes, ele falou a empresários cristãos sobre sua fé e empreendedorismo social: “Podemos fazer diferença no mundo”.


21 de nov de 2018

USE HASHTAGS, USE HASHTAGS - COMO ANUNCIAR UM EVENTO DA IGREJA USANDO ESSAS FERRAMENTAS

Imagem relacionada



O título do texto faz uma repetição proposital de hashtags exatamente para reforçar como é essencial o bom uso delas para aumentar o alcance de suas publicações no Instagram. Se tem uma coisa que dói no coração é observar bons posts no Instagram que não usam hashtags ou que usam de maneira errada. Se você tem um perfil nesta rede social provavelmente espera que sua mensagem seja vista por muita gente. Mas, é aí que tem uma galera errando nisso.

As hashtags são uma das melhores maneiras de aumentar o alcance de suas publicações no Instagram. O famoso símbolo # (sustenido, também conhecido como jogo da velha) + uma palavra representa o assunto a que se refere o #post. A ideia é que as pessoas cliquem nas hashtags e encontrem outras pessoas que estão publicando sobre este mesmo tema.
Então, separei 10 dicas para você usar melhor esta funcionalidade já atualizando informações das mudanças no Instagram em 2018:

• Use hashtags específicas: são aquelas que você criou e que têm a ver com o seu evento, sua marca, seu culto, sua divulgação. Por exemplo: #LojasABC (que seria de uma marca), #CultoUP (uma reunião), #ConferênciaAviva (um evento).

• Use hashtags gerais: que outras pessoas também estão usando. Não genéricas demais como #amor #love (já viu quantos posts existem no Instagram com estas tags? Se digitar na busca, você verá uma prévia numérica). Masmuse tags que vão expressar melhor sobre o que você postou. Ex.: #literatura - prefira segmentar um pouco mais: #literaturacristã #literaturanacional. Pense em como as pessoas pesquisam no Instagram e em quais palavras você usará para atrair as pessoas certas. Isso tem tudo a ver com o público-alvo que pretende alcançar.

• Siga hashtags: o Instagram possui a função de seguir hashtags que aparecerão no seu feed. A ideia é sempre observar quais outras hashtags as pessoas estão utilizando com aquele assunto. Assim, atrairá mais gente para suas postagens e seu perfil.

• Não use hashtags que não tenham a ver com a sua publicação. Se você vai divulgar uma conferência, não coloque hashtags que não sejam sobre eventos. Há quem use hashtags que estão em "alta" para atrair visitas no perfil. Mas o algoritmo do Instagram percebe negativamente pessoas que vão até você por elas, mas que saem rapidamente do seu perfil. Inclusive, existe uma opção em que as pessoas podem negativar o uso de sua hashtag. Cuidado.

• Use 5 hashtags por post na legenda, e não nos comentários (tags nos comentários não aparecerão nas buscas). É sabido que o Instagram permite o uso de até 30 hashtags, mas, com as alterações do algoritmo, a boa prática agora é utilizar no máximo 5 hashtags por post.

• Evite repetir hashtags em todos os posts. Use a criatividade e sabedoria para colocar tags variadas e atrativas.

• Não altere a legenda do seu post. A indicação agora é não mexer na legenda do post antes de 24h, pois isso pode prejudicar o alcance da sua publicação.

• Use geolocalização quando for possível (e seguro!). Apesar de não ser uma hashtag, quando você geolocaliza a sua foto atrai para seu perfil pessoas que estão naquela localidade ou próximo à você. Se está divulgando algo de uma empresa, marca, evento, pode ser interessante divulgar com o post geolocalizado.

• A Conta Comercial no Instagram tem uma opção muito legal que é analisar os dados das fotos (se o seu Instagram é um perfil comum, não terá esta opção). Para quem usa em Português, abaixo de cada post tem a opção "ver informações". Ali você encontrará dados muito importantes sobre alcance e interações com sua postagem. Saber analisar dados vai te ajudar a produzir melhores conteúdos para o Instagram de sua igreja e ministério.

• Use hashtags nos Stories. As buscas do Insta estão tagueando os Stories. Então, vez ou outra, teste usar hashtag lá para analisar o alcance e ver se vale a pena para você!

Autor: Elis Amâncio


14 passagens que provam que Deus não aprecia os puxa-sacos

A imagem pode conter: 1 pessoa, andando a cavalo e texto

Não confie jamais em pessoas puxa kkk. Você também conhece pessoas assim, que adoram ficar em volta puxando saco de quem está por cima no momento? Veja o que as escrituras relatam:


1. "Eu não aceito glória dos homens, mas conheço vocês. Sei que vocês não têm o amor de Deus. (...) Como vocês podem crer, se aceitam glória uns dos outros, mas não procuram a glória que vem do Deus único?" (João 5:41,42,44)

2. "Acaso busco eu agora a aprovação dos homens ou a de Deus? Ou estou tentando agradar a homens? Se eu ainda estivesse procurando agradar a homens, não seria servo de Cristo." (Gálatas 1:10)

3. "Cada um mente ao seu próximo; seus lábios bajuladores falam com segundas intenções. Que o Senhor corte todos os lábios bajuladores e toda língua arrogante." (Salmos 12:2,3)

4. "E eis que, aproximando-se dele um jovem, disse-lhe: Bom Mestre, que bem farei para conseguir a vida eterna? E ele disse-lhe: Por que me chamas bom? Não há bom senão um só, que é Deus. Se queres, porém, entrar na vida, guarda os mandamentos." (Mateus 19:16,17)

5. "Vocês bem sabem a nossa linguagem nunca foi de bajulação nem de pretexto para ganância; Deus é testemunha." (1 Tessalonicenses 2:5)

6. "Quando Jesus dizia estas coisas, uma mulher da multidão exclamou: Feliz é a mulher que te deu à luz e te amamentou. Ele respondeu: Antes, felizes são aqueles que ouvem a palavra de Deus e lhe obedecem." (Lucas 11:27,28)

7. "Estes se aproximaram dele e disseram: Mestre, sabemos que és íntegro e que não te deixas influenciar por ninguém, porque não te prendes à aparência dos homens, mas ensinas o caminho de Deus conforme a verdade. É certo pagar imposto a César ou não? Devemos pagar ou não? Mas Jesus, percebendo a hipocrisia deles, perguntou: Por que vocês estão me pondo à prova? Tragam-me um denário para que eu o veja." (Marcos 12:14,15)

8. "Essas pessoas vivem se queixando e são descontentes com a sua sorte, seguem os seus próprios desejos impuros; são cheias de si e adulam os outros por interesse." (Judas 1:16)

9. "Todavia lisonjeavam-no com a boca, e com a língua lhe mentiam. Porque o seu coração não era reto para com ele, nem foram fiéis na sua aliança." (Salmos 78:36,37)

10. "Porque os tais não servem a nosso Senhor Jesus Cristo, mas ao seu ventre; e com suaves palavras e lisonjas enganam os corações dos simples." (Romanos 16:18)

11. "O que repreende o homem gozará depois mais amizade do que aquele que lisonjeia com a língua." (Provérbios 28:23)

12. "Quem adula seu próximo está armando uma rede para os pés dele." (Provérbios 29:5)

13. "A língua falsa odeia aos que ela fere, e a boca lisonjeira provoca a ruína". (Provérbios 26:28)

14. "Não serei parcial com ninguém, e a ninguém bajularei, porque não sou bom em bajular; se fosse, o meu Criador em breve me levaria". (Jó 32:21,22)


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...