1 de ago de 2016

Efeito do Espelho Consciência


Quem são as pessoas que você mais admira no mundo? O que você mais admira? E quais as qualidade lhe chama mais atenção? Quem são as pessoas que você mais critica? E qual comportamento lhe chama mais atenção?
Para responder as perguntas acima, você usou seu referencial interno, pessoal com seus próprios critérios e avaliações. Na verdade, você esta projetando no outro o que você sente, acredita, pensa, mesmo que não se comporte dessa forma.
Talvez, ao olhar pras pessoas que admira, você se sinta bem, pois sente o que enxerga nelas, mesmo que ainda não esteja vivendo isso. Talvez quando não se sinta bem em olhar para as pessoas que critica, seja por que estas pessoas estão recordando um sentimento que já existe dentro de você e que lhe incomoda.
Todo ser humano quando criança passa por um período em que ainda não compreende que faz parte de uma sociedade, imagina que todo mundo gira em torno dela mesma, levando-a um estado de espirito egocêntrico, e que pode persistir até a idade adulta. Nesse estado, a pessoa usa suas próprias referencias internas (o que pensa, sente, e acredita) como referencia básica, representar, interpretar e entender as pessoas que a cercam.
Este é o efeito espelho, onde o mundo externo reflete através da sua própria interpretação, aquilo que já existe dentro de você. Assim, você pode aprender muito sobre si mesmo quando olha para os outros, afinal o outro é seu espelho, ou seja, é você mesmo.
Portanto, quando você julga as outras positiva ou negativamente, você esta medindo as atitudes como se fosse suas. É importante distinguir o egocentrismo do egoísmo, por que este é um sentimento. Que só se preocupa com o próprio interesse, no entanto o egocentrismo exagerado poderá levar ao egoísmo.

O efeito espelho é uma maneira muito útil de aprendizado quando se traz isso para a consciência. Pois, sabendo que cada um aponta-nos outros aquilo que existe primeiro em si, isso oferece a todos a oportunidade de ser mais compreensível e tolerante com os outros. Também permite que a pessoa se auto valorize diante do que vê de bom no outro. Afinal, isso existe em você primeiro. Assim valorize as qualidades dos outros e as suas próprias, aceite e compreenda os erros e faltas e aprenda com isso. Esta é uma grande oportunidade de crescimento. Seja Feliz!
Flávio Souza é Trainer Coach da Você Vencedor Soluções Empresariais, formador de coaches da International Coaching Community (ICC – Inglaterra), conferencista Internacional, especialista em Programação Neurolinguística e referência em coaching executivo e de equipes no Brasil

Nenhum comentário :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...