31 de ago de 2016

A OCASIÃO FAZ O LADRÃO


Resultado de imagem para ladrão bíblia

Você já foi furtado ou vítima de roubo? Veja que existe uma diferença entre furtar e roubar. Mas tanto o que furta como o  que rouba é um ladrão. Confundir estes dois verbetes – que até parecem sinônimos, porém, não são –  é absolutamente normal e corriqueiro. 

O significado entre roubar e furtar é diferente:
ROUBAR é pegar para si ou para outrem qualquer objeto móvel sob ameaça, violência ou xingamentos.
FURTAR é se apoderar de qualquer objeto alheio sem o uso de palavras agressivas, ataques físicos ou intimidação.
Um exemplo prático:
Se alguém estaciona o automóvel na rua para ir ao cinema e, quando volta ao local, o carro não está mais lá, provavelmente o carro foi furtado.
Se uma pessoa está com seu carro parado num semáforo e alguém aponta um arma e o obriga a entregar-lhe o veículo, dizemos que o carro foi roubado. (1)
Ora, ele disse isto, não pelo cuidado que tivesse dos pobres, mas porque era ladrão e tinha a bolsa, e tirava o que ali se lançava. João 12:6 (2)
O referido texto faz menção a um episódio no qual Jesus fez uma visita aos amigos Marta, Maria e vosso irmão Lázaro. Em dado momento Maria fará algo que mostrará o seu grande amor pelo mestre, como também seu reconhecimento por sua autoridade. Ela traz um frasco de unguento raríssimo e caro e unge os pés de Jesus. 
Então Maria, tomando um arrátel de ungüento de nardo puro, de muito preço, ungiu os pés de Jesus, e enxugou-lhe os pés com os seus cabelos; e encheu-se a casa do cheiro do ungüento. Então, um dos seus discípulos, Judas Iscariotes, filho de Simão, o que havia de traí-lo, disse: Por que não se vendeu este ungüento por trezentos dinheiros e não se deu aos pobres? João 12:3-5
Ao fazer isto, uma pessoa se manifesta contra seu ato. Judas Iscariotes, o mesmo que mais tarde trairá o Senhor. Sugere: 
Por que não se vendeu este ungüento por trezentos dinheiros e não se deu aos pobres?
O bandido está insatisfeito com a atitude de Maria. Talvez seja porque ele como responsável pelo dinheiro da instituição daquele momento, esta formada por Jesus e seus discípulos. Não poderia desviar aquele valor, aquele bem precioso não passou por suas mãos. Por isso ele está indignado. Sua indignação é uma farsa. Uma vez que sua preocupação não são os pobres e sim a sua bolsa. Veja o que a bíblia diz sobre aquele que furta e rouba:
O que tem parte com o ladrão odeia a sua própria alma; ouve maldições, e não o denuncia. Provérbios 29:24
Há uma frase famosa que diz: A OCASIÃO FAZ O LADRÃO . Frase com certa sutileza malvada embutida. Dá conta implicitamente de que, havendo ocasião, surge inevitavelmente o ladrão. Diversos códigos penais basearam-se em tão triste concepção do gênero humano para vazar seus artigos. 

Segundo tal hipótese, o que garante não haver ladrões é um eficiente sistema de punição. Mas Machado de Assis (1839 - 1908), ainda que tão cínico e mordaz, corrigiu a máxima com muita propriedade para: 
“Não é a ocasião que faz o ladrão, o provérbio está errado. A forma exata deve ser esta: a ocasião faz o furto; o ladrão nasce feito”.
A verdade é uma, o pecado cega o homem, e faz com que perda a sensibilidade diante das coisas de Deus. Judas estava cego pelo pecado que vinha praticando. Dissimulado opina que o unguento poderia ser vendido. Concluo que a prática é combatida massivamente nas escrituras. Senão vejamos: 
O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância. João 10:10  




Bibliográfia

(1)  1001 Dúvidas de Português, 2ª Edição
(2) www.bibliaonline.com.br
(3) HISTÓRIAS DE FRASES FAMOSAS, de Deonísio da Silva




Nenhum comentário :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...